Jusivaldo Almeida

Jusivaldo (2)Jusivaldo Almeida dos Santos é sócio-fundador da JSantos Consultores Associados, consultoria especializada em fundos de pensão, coach de finanças pessoais, conferencista, escritor, educador financeiro, professor de curso de pós-graduação na USP-SP, em disciplinas de Finanças Pessoais e Empresariais. Ministra cursos in-company de governança corporativa para dirigentes de fundos de pensão, é conselheiro de entidades e vice-presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). É contador, com pós-graduação em Educação e Coaching Financeiro, especialista em Ciências Econômicas, Atuariais e Comunicação. Administrou fundo de pensão em São Paulo com patrimônio de R$ 700 milhões e 4 mil vidas. Profissional do segmento de previdência complementar há 22 anos, Jusivaldo acumulou experiência em gestão de passivos e investimentos, coordenando também um grupo de 28 fundos de pensão que reuniam patrimônio total de R$ 25 bilhões. Profissional certificado para gestão estatutária e financeira de fundos de pensão (ICSS e Fipecafi-SP), investimentos (Apimec-SP) e seguros e previdência complementar (Susep). É ainda mentor e editor do website/Blog “Dinheiro & Futuro”, o primeiro portal de educação financeira e previdenciária para empresas, fundos de pensão e pessoas, com programa focado no ciclo de vida dos indivíduos. É fonte de informações e concede entrevistas a programas jornalísticos como “Jornal da BAND”, “Jornal da RECORD”, “Jornal a TRIBUNA de SANTOS” e Jornais e anuários de grandes fundos de pensão do Brasil.
 
Contatos:
jusivaldo.almeida@jsantosconsultores.com.br
www.facebook.com/jusivaldoalmeida (Valdo)
www.linkedin.com/jusivaldo-almeida

Caminhos do Consultor


Empresas em que foi palestrante, instrutor de cursos ou executou projetos.
2016

POSSE DO COMITÊ DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA | ABEFIN - MARÇO

2011

FÓRUM DE INVESTIMENTOS | NOVEMBRO

Fórum de Investimentos: “Política de Investimento: Estratégias para Navegar em Segurança em 2012”, realizado dia 10 de novembro de 2011 em São Paulo, no Lo Spazio Eventos – Av. Morumbi, 8.503. O objetivo geral do evento será abordar estratégias para minimizar riscos e maximizar ganhos a serem definidas na Política de Investimentos dos Fundos de Pensão.
O fórum contou com a apresentação do cenário econômico para o 2012 a cargo do economista Gustavo Franco, estrategista-chefe da Rio Bravo Investimentos e ex-presidente do Banco Central, e ainda com representantes da BM&FBOVESPA e executivos de renome ligados ao segmento. Contou também com a participação de executivos da BlackRock Brasil, – que mostraram estudos sobre diversificação de carteiras de investimento, combinando o melhor das gestões ativa e passiva, falaram também sobre Exchange Traded Funds (ETFs) como alternativa de investimento.

SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA | JSANTOS - OUTUBRO

I Seminário de Educação Financeira da JSantos Consultores reúne 42 profissionais
A JSantos Consultores promoveu, no dia 6 de outubro de 2011, seu Seminário de Educação Financeira, do qual participaram 42 executivos de Recursos Humanos, Treinamento, Fundos de Pensão, Previdência Privada e consultorias do segmento. Fundada em junho de 2011 por Jusivaldo Santos, profissional com vasta experiência em previdência privada e gestão de fundos de pensão, a JSantos Consultores é uma consultoria que presta serviços de Educação Financeira e Previdenciária, Governança Corporativa, Comunicação e Mídias Digitais para Fundos de Pensão, patrocinadoras, entidades de classe e empresas em geral.
O seminário foi realizado no Lo Spazio Eventos, no Brooklin, e teve como palestrantes renomados especialistas do setor.

GESTÃO DE RISCO - ALM NA PRÁTICA | BOSH - JUNHO


Entidades mostram como fazem seu casamento de ativos e passivos
A redução de riscos provocados por possível descasamento de ativos e passivos nos fundos de pensão foi o principal tema do encontro, realizado no dia 28 de junho de 2011. O anfitrião foi a Previbosch, nas aprazíveis instalações do Clube Bosch, em Campinas. A Previbosch tinha na época 12 mil participantes, com patrimônio de R$ 560 milhões.
O tema foi abordado com a exposição de casos práticos de Asset & Liability Management (ALM) em três entidades: CargillPrev, Previ-Ericsson e Abrilprev. Inaugurando novo formato de reuniões, em que uma mesa debatedora atua ao lado do expositor, Jusivaldo Almeida, da JSantos Consultores Associados, apresentou o caso da CargillPrev.

2010

CERTIFICAÇÃO DE DIRIGENTES | HP - NOVEMBRO

Garantia de qualidade
Mais que um diploma, a certificação deve comprovar a competência dos gestores, segundo a Abrapp
A primeira reunião de executivos de fundos de pensão de 2010 foi realizada em 28 de abril no confortável auditório da HP Brasil, patrocinadora da HP Prev, em Alphaville, Baruer.
Contando com a presença inédita do presidente e executivos da Abrapp, que participaram intensamente no sobre certificação de dirigentes de fundos de pensão. Como se sabe, trata-se de uma exigência na qual os órgãos reguladores trabalham fortemente desde a entrada das leis complementares 108/01 e 109/01, que regulam a previdência complementar no Brasil.

PESQUISA DE BENEFÍCIOS - HORA DA APOSENTADORIA | SIEMENS - OUTUBRO

Os resultados da pesquisa de benefícios coordenada por Jusivaldo Almeida feita com os fundos de pensão presentes foram apresentados no Espaço Araguari, no Jardim Europa, sob patrocínio da Previ-Siemens. A Previ-Siemens, entidade criada em 1989, tinha na ocasião 9.700 participantes e patrimônio de R$ 870 milhões. A reunião foi realizada em 28 de outubro de 2010. O levantamento revelou as práticas das entidades na concessão de aposentadoria, os tipos de plano e de renda mensal, além das diversas formas de tratamento dos institutos legais obrigatórios.
O retrato estimulou a discussão de um tema que promete ser mais abordado nas próximas reuniões. “O grupo trata bastante de investimentos, uma área nervosa que faz nossos telefones tocar a todo momento”, disse Jusivaldo Almeida, da Abrilprev, que ficou encarregado da apresentação. “Mas agora vamos falar mais de benefícios, que afinal é o que o participante busca em nossos planos.”
A pesquisa mostrou um grupo representativo de 25 entidades que mantêm 59 planos de benefícios, embora a maioria administre um só. São 200 mil participantes ligados a 235 patrocinadoras. No total, as entidades operam com 142 funcionários, entre próprios e cedidos pelas patrocinadoras.

CONTROLES INTERNOS - MUDANÇA DE CULTURA | AVON - AGOSTO

O caso prático da implantação do setor de controles internos do Economus, fundo de pensão dos funcionários do banco Nossa Caixa, foi apresentado em na reunião, realizado em 25 de agosto de 2010. O desafio do Economus foi convencer as pessoas de que todos são responsáveis pela gestão de riscos.
O Economus conta com 15 mil participantes, administra R$ 3,5 bilhões de patrimônio e tem 150 funcionários próprios. Em 2005, criou um setor dedicado à gestão de riscos, após a edição da resolução CGPC n.º 13/2004, que enfatizava a transparência e a boa governança corporativa nos fundos de pensão.
O fundo pesquisou as práticas de mercado e acabou desenvolvendo metodologia própria de atuação.
A ausência de cultura de gestão de riscos traz dificuldades extras. Existem casos que não há revisão dos processos, e os controles não são atestados.

2009

PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA |SCANIA - NOVEMBRO

A implantação do Plano de Gestão Administrativa (PGA) esteve em debate na reunião patrocinada pela SCANIA, realizada em 25 de novembro de 2009. O caso prático da Visão Prev, fundo de pensão dos funcionários do Grupo Telefonica, foi apresentado no encontro. O PGA se tornava um ente contábil que registra as atividades administrativas do fundo de pensão, de acordo com seu regulamento. Tornou-se obrigatório a partir de 2010. A obrigatoriedade do PGA visa a:
Padronização – Adequação da contabilidade das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC) às regras e melhores práticas nacionais e internacionais.
Comparabilidade – Relação entre gastos e resultados e montagem de indicadores de gestão.
Transparência – Exigência de regulamento, balancete e demonstração próprios, segregação do patrimônio de cada plano de benefícios, maior detalhamento das despesas e divulgação das informações no portal da Secretaria de Previdência Complementar (SPC).

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - EM BUSCA DE SEGURANÇA | CARGILL - AGOSTO

A gestão ativa dos recursos deve ser praticada com cuidado
As lições da crise de 2008 e os cuidados na determinação da política de investimentos foram o tema central, encontro do GPFP, realizado na tarde do dia 26 de agosto passado, teve o patrocínio da CargillPrev. A estrutura do local, Lo Spazio Eventos, no bairro do Brooklin, em São Paulo. De acordo com o grupo, em primeiro lugar é preciso distinguir com clareza a alocação estratégica, que visa ao longo prazo, da tática, realizada por movimentações oportunistas de curto prazo.
A alocação estratégica consiste em determinar uma estratégia de investimentos que maximize a probabilidade de satisfazer as obrigações atuariais da Entidade. Há uma série de metodologias para encontrar a estratégia ótima. A mais utilizada pelas empresas presentes era o Asset Liability Management (ALM) com otimização estocástica, que visa minimizar o risco de descasamento entre ativos e obrigações de longo prazo.
Já a alocação tática está associada à prática de market timing, ou seja, a tentativa de agregar valor em curto prazo alterando o risco sistemático da carteira, com base em projeções sobre a direção dos mercados. Esse movimento se manifesta na escolha dos ativos numa carteira de ações e na alocação entre renda fixa e ações numa carteira balanceada.

EDUCAÇÃO PREVIDENCIÁRIA - PREPARE O SEU PARTICIPANTE | UNILEVER - JUNHO

Certificação de Dirigentes – LEGISLAÇÃO
Evento para os dirigentes dos fundos de pensão foi realizado no dia 24 de junho de 2009, teve como patrocinador a Unilever Prev do grupo Unilever Brasil.
A certificação obrigatória para dirigentes de fundos de pensão, foi o tema principal e, levantou discussão no setor.
O principal objetivo do governo foi o de “estabelecer padrões mínimos de aptidão a fim de assegurar um alto nível de integridade, competência e profissionalismo na administração dos fundos”.
A legislação própria dos fundos de pensão, no artigo 35 da Lei Complementar 109/2001 traz os requisitos desejáveis para que alguém possa integrar a diretoria executiva ou os conselhos dos fundos de pensão. Também a Resolução CGPC nº 13/2004 trata da competência técnica e gerencial em todos os níveis da administração das EFPC. Segundo os normativos sobre o assunto, para obter a
Certificação o dirigente poderá fazer provas, cursos e comprovação de experiência junto as entidades certificadoras que ministram testes de avaliação individual dos dirigentes, conselheiros e cargos técnicos como os de contadores ocupantes de um destes cargos.

EDUCAÇÃO PREVIDENCIÁRIA - PREPARE O SEU PARTICIPANTE | BASF - ABRIL

Certificação de Dirigentes – LEGISLAÇÃO
A certificação obrigatória para dirigentes de fundos de pensão, que foi implementada pela Secretaria de Previdência Complementar (SPC) – atual Previc, levantou discussão no setor.
O principal objetivo do governo foi o de “estabelecer padrões mínimos de aptidão a fim de assegurar um alto nível de integridade, competência e profissionalismo na administração dos fundos”.
A legislação própria dos fundos de pensão, no artigo 35 da Lei Complementar 109/2001 traz os requisitos desejáveis para que alguém possa integrar a diretoria executiva ou os conselhos dos fundos de pensão. Também a Resolução CGPC nº 13/2004 trata da competência técnica e gerencial em todos os níveis da administração das EFPC. Segundo os normativos sobre o assunto, para obter a
Certificação o dirigente poderá fazer provas, cursos e comprovação de experiência junto as entidades certificadoras que ministram testes de avaliação individual dos dirigentes, conselheiros e cargos técnicos como os de contadores ocupantes de um destes cargos.

2008

COMITÊS DE INVESTIMENTO - APOIO PARA A GESTÃO | RECKITT BENCKISER - NOVEMBRO

Opção para melhorar a administração de recursos e atenuar riscos
A atuação do Comitê de Investimento, principalmente em tempos difíceis nos mercados financeiros, esteve em debate no centro do debate, realizado em 27 de novembro realizado no dia 27 de novembro, na Reckitt Benckiser. A multinacional de origem inglesa. Seu principal objetivo é avaliar as propostas de investimento e aperfeiçoar a gestão do patrimônio dos fundos de pensão.
Quando bem estruturado, pode trazer benefícios diversos à Entidade. “O Comitê de Investimento é um grande mitigador de riscos”

EDUCAÇÃO FINANCEIRA - ENSINANDO A INVESTIR | NOVARTS - AGOSTO

Para tomar as melhores decisões, os participantes precisam de lições de finanças.
No encontro dos Fundos de Pensão, realizado em agosto, falou-se sobre um tema que se torna cada vez mais presente no mundo da previdência privada: a educação financeira para participantes. Reunião realizada em 20 de agosto, foi organizada pela Previ Novartis, o fundo de pensão dos empregados da Novartis, empresa da indústria farmacêutica.

EDITORA ABRIL | ABRIL

2007

A LEI EM DISCUSSÃO | ABB - JUNHO

Aplicação da tabela regressiva, portabilidade e resgate. Evento ocorrido na ABB Prev da ABB empresa líder em tecnologias de potência e de automação.
A Lei nº 11.053, que começou a vigorar em janeiro de 2005, uniformizou a tributação de imposto de renda (IR) sobre planos de previdência privada para entidades fechadas e abertas. Até então, a legislação tributária favorecia as entidades abertas e seus participantes. A lei instituiu também a tabela regressiva de IR para pessoa física, com alíquotas decrescentes de 35% a 10%.

2006

A VIDA COMEÇA AOS 60 | VOLKSWAGEN - SETEMBRO

Com preparação adequada, o aposentado tem saúde e energia para realizar seus sonhos.
A implantação de Programas de Preparação para a Aposentadoria (PPA) foi o tema principal do encontro, realizado em 20 de setembro, na Volkswagen.
Entre diretores, gerentes e especialistas, 33 profissionais representando as Fundos de Pensão de São Paulo.